Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Curiosidade Feminina

Nasci, cresci e tenho cá um feeling de que um dia vou morrer ;)

Coisas #10

Uma destas noites o meu MQT diz que vai fazer pizza para o jantar. E eu toda contente, é que as pizzas dele são mesmo muitoooo boas.

Diz também que vai fazer duas, uma vez que a filhota não gosta de atum, faz uma com e outra sem.

Melhor ainda, comecei logo a salivar. É que são mesmo muitooooo boas!

Na hora de nos sentarmos à mesa pergunto: Então qual é a nossa e qual é a da pulguita?

MQT: Oh tanto faz. Esqueci-me de pôr atum!

69eda72cc93285fe00c569e7b3edd4c9.jpg

 

Admitam, a cada dia que passa vocês admiram-me mais um bocadinho!

Estou quase ao nível de santa. Verdade?

 

 

Nay pensante...ou não! #3

Eu gosto tanto do ditado "O peixe morre pela boca"

Gosto porque já me ensinou tanto.

Gosto porque é tão verdade e acaba por ser cómico! 

Temos um casal amigo, da mesma idade, que sempre insistiu que fomos pais muito cedo.

Verdade que não foi planeada mas foi uma surpresa que passou a ser muito desejada. E com 24 anos fomos pais e atrevo-me a dizer, bons pais!

Digo isto porque esses tais amigos tinham sempre algo a opinar sobre a educação que lhe demos. Nós... nós descontraidamente dizíamos "quando vocês forem pais, depois falamos".

O pior é que não falamos, não falamos porque agora que são pais de 2, um seguido ao outro, parece que já não é assim tão bom opinar. Ficam ofendidos e amuados se opinamos.

Não percebo! Então não têm eles "idade certa" para aceitar opiniões? Não têm eles "idade certa" para serem pais e fazerem tudo correcto?

Verdade é que nos rimos muito, os 3 em família.

Verdade é que sendo pais "muito novos", a nossa filha nunca fez nem metade do que os deles fazem.

Verdade é que a nossa sempre teve horários necessários para o seu crescimento, sempre soube que a hora da refeição era momento de família e não de tablet, sempre soube respeitar um não.

Verdade é que a nossa filha nunca se atirou para o chão a fazer birras ou levantou a mão quando era contrariada.

Mas que sabemos nós... que fomos pais tão novos?!? 

 

 

Investimento de milhões

Querem aprender investimentos seguros, perguntem-me como!

Perdi a cabeça e gastei um dinheirão num par de calças. Estava farta de comprar uma coisa e passado algumas utilizações ficar com outra.

Então comprei, assim na maluca mesmo, por impulso, umas calças que custaram quase 3 dias de ordenado.

Como gaja que sou...arrependi-me!

Conversa com o meu MQT depois de as usar:

Nay: Bolas não devia ter comprado!

MQT: Então não te sentes bem com elas?

Nay: Sim, são super confortáveis e gosto mesmo mas foram super caras!!!!

MQT: Opah mas fazem-te um rabo que vale milhões! 

Pimbax logo ali uma valorizão de milhares!!! 

 

PS1:Eu amo tanto o meu gajo 

PS2: Qual o prazo aceitável de dias seguidos para andar com as mesmas calças? Para uma amiga que perguntou 

 

 

 

 

Nay e as pérolas literárias #1

Eu tenho um defeito, ou qualidade, depende do ponto de vista.

Não consigo largar um livro sem o terminar. Pode estar a ser super aborrecido, o que prolonga a leitura por dias, as vezes semanas, mas sou incapaz de começar outro sem o terminar.

O certo é que em cada livro que li encontrei sempre algo que me fizesse pensar que valeu a pena. Se não for a história é pela escrita, ou por uma personagem, ou uma frase mas todos valeram a pena!

Então que estive a ler um que me custou "mundos" e demorei quase 2 meses para terminar .

"A dança das borboletas" - Poppy Adams. A autora peca pela descrição exagerada na parte técnica, sendo ela licenciada em Ciências Naturais, o que torna algumas partes difíceis de continuar.

Mas lá está...valeu a pena. A definição de amor mais incrível que já li, e eu já li algumas coisitas.

Inúmeros filósofos, escritores, poetas com tantas tentativas e horas debruçados sobre o tema e aqui está a definição por alguém da área de ciências, o amor é um sintoma!

E eu, eu adorei:

20170202_193504.jpg

 

 Vão por mim, dêem uma chance ao livro, seja ele qual for. Todos eles surpreedem-nos de alguma forma